Como podemos te ajudar?

Acadêmicos das Faculdades Prominas garantem pódio em competição sobre startups

Acadêmicos das Faculdades Prominas garantem pódio em competição sobre startups

Estudantes se destacam na criação e execução de startups.

Por Hellen Patriny

Na noite desta segunda-feira (02), ocorreu a Final do Agita, que é uma parceria entre o Sebrae Minas e a Fundetec. As duas equipes de acadêmicos de sistemas de informação e análise e desenvolvimento de sistemas das Faculdades Prominas – Deltree Cyber Security e Adventure Tech – levaram o segundo e o terceiro lugar, respectivamente, evidenciando o talento dos nossos estudantes e nosso potencial educacional.

O Agita é um projeto que tem como objetivo principal fazer com que os negócios alavanquem, ou seja, saiam do papel e se concretizem. O gerente do Sebrae Norte de Minas, Cláudio Luiz de Souza Oliveira, explica sobre.

“É um trabalho em que se coloca a mão na massa o tempo inteiro, não é uma discussão de conceitos feita em sala de aula, em que se fica ouvindo uma determinada pessoa te orientar ou te propondo o melhor caminho. A iniciativa ocorreu durante 12 sábados e é considerada como uma pré-aceleradora, onde são trabalhados negócios tradicionais e também digitais. Geralmente, são equipes, de no mínimo duas pessoas e no máximo cinco.”, afirma.

Além da questão de impulsionar um negócio, a atividade também traz um ganho para quem participa, pessoal e profissionalmente. O acadêmico de sistemas de informação e líder da Deltree Cyber Security, Kaio Prates, é prova de tal afirmativa.

“O mais importante da participação no Agita é a aquisição do networking, o contato com várias pessoas de áreas e com ideias diferentes, que possuem grande conhecimento em empreendedorismo, bem como administração e marketing. Portanto, construímos por meio da convivência e do aprendizado uma base sólida de como criar uma empresa e lidar com a gestão de uma startup”, esclarece.

Mas os participantes não finalizam suas jornadas quando o Agita se encerra. Depois da premiação, as mentes continuam em ação e o trabalho também.

“Outro fator relevante é a nossa inserção no ecossistema, nesse Agita começamos a desenvolver um sistema de startups para fomentar e movimentar o empreendedorismo em Montes Claros e assim atrair novas incubadoras”, completa Kaio.

Os nossos campeões foram premiados da seguinte maneira: o segundo lugar ganhou mil reais na Fábrica  para projetos da equipe e suporte na estruraçao da startup e um curso de marketing digital, por sua vez, o terceiro colocado faturou 500 reais também para suporte junto à aceleradora e uma  mentoria com um profissional especializado no segmento.