Como podemos te ajudar?

Metodologia ativa é tema de capacitação continuada para docentes nas Faculdades Prominas

Metodologia ativa é tema de capacitação continuada para docentes nas Faculdades Prominas

 

“Apresentar a ferramenta Socrative direcionada ao diagnóstico pós a dinâmica de gamificação Escape Room, possibilitou a análise e discussões sobre competências e habilidades no processo de aprendizagem”

Nesse início de semestre as Faculdades Prominas de Montes Claros realizaram uma capacitação junto ao seu corpo docente, durante os dias 06 e 07 desse mês, das 19h00 às 21h30. O curso que foi caracterizado pela formação continuada e realizado através de metodologias não convencionais, foi intitulado em “Como utilizar novas ferramentas para estimular as competências e habilidades dos nossos alunos”.

O treinamento, que foi dividido em duas etapas, contou ao todo com mais de 50 professores e uma equipe organizadora composta também por cinco docentes: os professores Augusto Guilherme Silveira e Laurenício Mendes, que ficaram responsáveis por mapear as competências e habilidades; e pelos professores Carlos Rodrigo, Luiz Antônio Antunes e pelo coordenador de Sistemas de Informação, Richard Wagner Abreu, que planejaram a parte prática da dinâmica.

A primeira fase do processo foi efetuada através de um jogo denominado Escape Room – uma atividade presencial, em que uma equipe resolve enigmas e completa missões antes que um determinado tempo acabe.

Ao concluírem esse estágio, os educadores continuaram com a atividade, porém, dessa vez, a ferramenta utilizada foi o Socrative – método que auxilia os processos de aprendizado ativo, ajudando o professor a engajar seus estudantes e fornecendo feedback imediato das atividades realizadas por meio dele, além de funcionar como um sistema de resposta inteligente que permite que os mesmos conectem a sala por meio de uma série de exercícios e jogos educacionais, podendo ser utilizado para acessar a compreensão do conteúdo da aula.

Mas a escolha das dinâmicas e a maneira como elas foram apresentadas não aconteceu por mera coincidência. A equipe organizadora explica melhor:

“Apresentar a ferramenta Socrative direcionada ao diagnóstico pós a dinâmica de gamificação Escape Room, possibilitou a análise e discussões sobre competências e habilidades no processo de aprendizagem”, afirmaram.

Laura Martins Gagliardi, coordenadora da graduação de biologia, expõe sua visão, como professora, sobre a relevância de que atividades como essa ocorram de maneira frequente.

“Além de prazerosos, cursos como esses são importantes para que verifiquemos as novidades e para que tenhamos ciência se estamos utilizando todas as ferramentas do conhecimento que temos acesso e que servem para auxiliar no processo de ensino”, explica.

O auto padrão na confecção da capacitação também foi apontado.

“Os organizadores tiveram uma perspicácia muito grande, montaram um jogo que por si só já é uma metodologia ativa, além de outras atividades em que tínhamos que colocar em prática o nosso cognitivo. Foi interessante porque vimos que muitas atitudes que as vezes exigimos dos alunos, nós mesmos, talvez por vício, acabamos não fazendo durante o percurso profissional”, ratificou.